Pular para o conteúdo principal

Corrida, dieta e determinação

Muitos pensam que correr mais e comer menos é garantia de perda de peso. Mas essa fórmula pode ser bem perigosa e nem sempre dá resultado: “Não devemos fazer mágica, como começar a correr e restringir demais a alimentação. Isso pode levar a mal-estar e hipoglicemia — falta de açúcar na corrente sanguínea — durante o exercício. Com esta febre de cortar carboidratos ficam ainda mais comuns as ocorrências de mal-estares desse tipo. É preciso fracionar a alimentação, comer a cada três horas, mas moderadamente”, explica o professor titular de nutrição da Escola de Educação Física e Esporte de São Paulo Antonio Herbert Lancha Jr.

Treinar rigorosamente e manter uma alimentação balanceada durante a semana não serão atitudes suficientes se, nos fins de semana, o corredor ignorar todo o trabalho dos cinco dias anteriores. Lancha recomenda autocontrole e diz que saber escolher é o caminho para não exagerar no sábado e domingo: “É preciso ser mais comedido nos fins de semana porque, se deixar, as pessoas começam exagerando no café da manhã e assim vão até o jantar, perdendo todo o esforço da semana. Pode-se escolher uma refeição por dia do sábado ou do domingo para comer sem se preocupar. Nessa fase a pessoa precisa começar a aprender a fazer escolhas, do tipo: vou tomar vinho ou comer sobremesa? Vou atacar o pão de queijo do couvert ou pedir um prato mais calórico?”.

Maior desafio, melhor alimentação
O organismo de uma pessoa que pratica corrida precisa de mais nutrientes do que o de uma pessoa sedentária. Isso porque, durante a prática do exercício, esses nutrientes extras é que vão garantir que o corpo suportará o esforço realizado e é para isso que a dieta do corredor deve estar direcionada.

“A melhor forma de emagrecer correndo é fazer uma dieta apropriada e aliada ao treinamento, para que a pessoa consiga treinar sem ficar debilitada”, diz a treinadora Juliana Gomes, lembrando que uma dieta pobre pode causar diminuição no rendimento do corredor, o que desmotiva qualquer um a continuar correndo.

A nutricionista esportiva Maria Luisa Belotto lembra: “A alimentação do corredor deve ser rica e diversificada, sempre atrelada a bom senso para compor uma refeição com todos os nutrientes”, conforme ela detalha a seguir:

:: Carboidratos: encontrados no pão, arroz, macarrão e raízes.
:: Proteínas: ingestão de carnes de todos os tipos, leite e ovos.
:: Fibras: vitaminas e minerais, encontrados em frutas, verduras, legumes e hortaliças.
:: Gorduras: presentes nas carnes e alimentos oleaginosos, como castanhas.

Sem disciplina não há resultado
Se o objetivo é emagrecer, a dieta e a assiduidade aos treinos devem ser encaradas com a mesma seriedade, caso contrário os resultados não vão aparecer. A relação dos treinos de corrida com a alimentação adequada é fundamental para que o corredor evolua na corrida e, consequentemente, queime mais calorias.

“Não dá para querer resultados sem abrir mão de alguns hábitos”, ressalta o treinador carioca Iazaldir Feitosa. Além de criar o costume de se alimentar melhor, estar determinado a cumprir suas metas é fundamental. “Se a pessoa quer emagrecer, ela tem de ter isso em mente. Atingir um objetivo é muito mais emocional, determinação e disciplina do que simplesmente querer”, complementa Feitosa.

Determinação também significa estar disposto a realizar o treino adequado. Se um corredor coloca sua meta de emagrecimento em segundo plano e falta aos treinos ou não segue sua planilha, todo o trabalho já realizado será perdido.

O treinador da Playteam Trainer, Augusto Cesar Fernandes de Paula, explica o motivo: “Se uma pessoa falta ao treino, o gasto calórico que ela teria naquele dia não vai ocorrer, mas ela continuará comendo e isso pode atrasar o resultado. Ao mesmo tempo, se ela falta a um treino e tenta compensar no dia seguinte, pode acabar se lesionando, porque vai treinar dois dias seguidos, sem descanso”. Portanto, respeitar os dias de treino e de descanso é imprescindível.

Perder peso e ganhar desempenho
Existe um consenso entre os treinadores que é o de que, quando o corredor que estava acima do peso começa a emagrecer, automaticamente seu desempenho na corrida aumenta. A treinadora Juliana acredita que emagrecer e aumentar o desempenho são coisas complementares. “É uma consequência, pois com o treinamento para emagrecer o corredor fica motivado, já que está perdendo peso e, a partir daí, quer aumentar sua performance.”

Quando o corredor já realiza um treino de corrida para emagrecer, a perda de peso só continuará ocorrendo se os treinos forem intensificados. Isso porque o organismo se acostuma ao esforço e é preciso dar um novo estímulo para que ele continue queimando gordura:

“Quando a pessoa é iniciante, só o aumento gradativo do volume de treino já é suficiente para que ela perca peso e isso aumenta o desempenho. Quanto mais ela perde peso, melhor será o rendimento na corrida”, ressalta o treinador da Playteam.

Além disso, o treinador André Villarinho lembra que treinos voltados para a melhoria do desempenho são os que mais surtem efeito. “Treinos feitos com o foco no desempenho podem emagrecer mais, principalmente quando traçamos objetivos a médio e longo prazo, aumentando a intensidade e o trabalho de corridas em subidas.”

http://o2porminuto.uol.com.br/

Comentários

  1. Olá!
    Adorei a matéria...posso dizer q somos um exemplo neste sentido, de que determinação e perseverança é a chave para um corpo em dia e saudável...

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Adorei a matéria...posso dizer q somos um exemplo neste sentido, de que determinação e perseverança é a chave para um corpo em dia e saudável...

    Bjs, Mágnor

    ResponderExcluir
  3. oi querida... estou passando para retribuir a visita... e já estou te seguindo por aqui!
    adorei a matéria...
    Tenha um ótimo final de semana!
    Beijos
    Kika

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Maratona de Porto Alegre 2017

Já está disponível no site da 34ªMaratona Internacional de Porto Alegre o percurso, faremos um lindo tour pela cidade.

A Maratona de POA é considerada uma das mais rápidas por ser praticamente plana e com temperatura baixa.
No ano passado a maratona foi bem gelada, com temperatura perto de 0ªC(zero).  É bom preparar-se para o frio e com roupas confortáveis.

Algumas informações:
LOCAL E DATA:  será realizada no dia 11 de junho de 2017, com Largada e chegada  no BARRA SHOPPING SUL,  Av. Diário de Notícias, 300, Bairro  Cristal. ENTREGA DOS KITS:BARRA SHOPPING SUL,  dias 08, 09 e 10/06 das 11h até as 19hs (não haverá entrega de kits no dia do evento) FEIRA DA MARATONA 08, 09, 10 E 11/06.
 PROGRAMAÇÃO 6h45min: Cadeirante, HandBike e Especial (Maratona): 6h55min: Elite Maratona Feminina 7h: Maratona Masculina Elite, público geral, Maratona Feminina público geral e Meia Maratona de Porto Alegre (todos os participantes). 7h30min: Rústica de Porto Alegre 10km, 5km de Porto Alegre e 3km de Porto Alegre 10…

A Dor e Alegria de correr a primeira Maratona

No domingo 11/06 aconteceu a Maratona Internacional de Porto Alegre.  A prova reuniu quase 10 mil corredores nos percursos de 3km, 5km, 10km, 21km e 42km.
Como comentei anteriormente aqui no blog, decidi treinar, me preparar para fazer a tão sonhada primeira maratona. Foram 4 meses de treinos específicos até a data da prova, já com uma base de 8 anos na corrida de rua. - Foram quatro meses pensando, acordando, treinando, dormindo, comendo, tudo...pensando na maratona. - Treinos 6 vezes na semana, algumas vezes 2 treinos no dia. - Tudo que comia, pensava na tal da maratona. "Isso pode, isso não, isso vai comprometer no treino." Tive a orientação da Nutri Adriane Rodriguez.  - Algumas (muitas) renúncias, saidinhas, bebidinhas, a prioridade era sempre tentar dormir mais cedo. Saída na sexta à noite? Nem pensar, sábado tem longão, ou seja, treino com a maior quilometragem da semana. E assim foi, vieram os treinos de 25km, 26km, o assustador 30km e 32km. A parceria e amizade nos treinos …

Bolo de Cenoura com farinha de Coco

Uma ótima novidade, o Wagner Andrade estará compartilhando suas deliciosas receitas aqui no blog, todas produzidas por ele, receitas leves que valem a pena experimentar, para estreia temos esse delicioso Bolo de Cenoura.



Bolo de cenoura Proteico com farinha de coco e farelo aveia

Ingredientes:
-3 cenouras média  
- 6 claras
- Essência de baunilha
- Stevia 40 a 50 gotas
- 50ml de água fervente
- Fermento 1 colher de chá
Opções de acompanhamentos que super combinam: whey, leite em pó, pasta de amendoim, banana, morango, canela, coco ralado.
- 3 ovos
- 150g de farinha de coco - 150g de farelo de aveia
- 90g de chocolate 60% a 70% cacau cobertura

1. No liquidificador bata as cenouras picadas, ovos, claras, baunilha e o adoçante por volta de 1 a 2 minutos até as cenouras ficarem bem processadas.

2. Agora acrescente as farinhas de coco e farelo de aveia e misture com uma colher, aos poucos acrescente a água fervente até que a massa fique pastosa e por último o fermento químico. Leve ao forno pré-a…