quarta-feira, 14 de março de 2012

A importância do Esporte em nossa vida

Hoje eu eu tenho a enorme felicidade de compartilhar um texto escrito por este Triatleta da foto acima, o nome dele é Alexandre Moura, sigo ele no twitter: ironmoura e facebook, admiro muito a garra e determinação deste atleta tão dedicado, mesmo com todos os contratempos, lesões...ele é um grande guerreiro e super exemplo.


Segue o texto escrito por ele:


Desde sempre pratico alguma atividade esportiva com uma certa intensidade, a primeira delas foi natação desde muito novinho, com a promessa de curar/melhorar da bronquite asmática que tinha. A partir dai não parei mais. Entrei no time de basket do Fluminense e por la fiquei por anos e virou meu esporte número um, assunto que retomarei mais a frente para contar uma fatalidade ocorrida a pouco tempo.
Como todos os esportes além da parte técnica temos a física, sempre corri, subi arquibancadas, flexões e tudo mais em prol da atividade principal e tinha muita facilidade com isso, por isso que migrei facilmente do basket para corrida, quando parei de jogar profissionalmente e foco foi para os estudos.
 
Nisso já se passaram 18 anos de vida, uma bronquite curada e vida regrada, me mantinham sempre em plena forma aparente e com exames (sangue, esforço, cardíaco) certinho. Passei a fazer corrida de rua mais sério na medida do possível e depois comecei no triatlon, as atividades que mantenho até hoje.
 
Voltando ao basket, após parar de treinar, continuei jogando casualmente o que faço até hoje, num parque perto de casa onde temos um bom grupo de pessoas que participam frequentemente. Desde os tempos de clube até as peladas no parque, joguei com um amigo chamado Rodrigo, que tinha uns 4 anos a mais do que eu somente. O atleta quando está treinando profissionalmente, atividades físicas diárias e intensas, tem que ingerir o dobro ou mais de calorias para manter isso. Quando para, devemos nos readequar na alimentação, para não criar um problema de sobrepeso dentre outras coisas mais. Eu sempre me mantive em atividade, o que é o mais correto que devemos fazer, pois nascemos para nos mantermos em movimento e não parado, por mais que sejamos de natureza preguiçosos. Meu amigo não seguiu esta regra, parou com o esporte jogando muito de vez em quando como brincadeira e não manteve seu nível de atividade adequado para o que comia. Resultado: obesidade em 1 ano. Lutando contra o peso, o desânimo, depressão, doenças, ele passou os últimos anos de sua vida tentando voltar, mas não conseguia até que veio falecer com 38 anos de infarto fulminante.
 

Hoje aos 32 anos, sou triatleta, pratico 2 a 4h diárias de atividade física, nunca passei dos 10% de gordura corporal, tendo hoje apenas 5%, todos meus exames que faço de 6 em 6 meses sempre mantiveram exatamente na média boa de todos os índices, sem ter experimentado alcool, cigarro, drogas na vida e minha variação de peso de 18 anos de idade aos 32 foi de apenas 2kg, dependendo da época do treinamento.


Não é minha ideia colocar medo em ninguém, mudar o estilo de vida dos boêmios, arrancar o vício seja ele qual for da população, mas simplesmente alertar que doenças que historicamente são de idades mais avançadas estão cada vez chegando mais cedo pura e simplesmente pelo desleicho que temos como nosso corpo com o que comemos e o que fazemos com ele. Me coloco como exemplo extremo para a vida saudável, não aconselho tamanho nível de atividade para ninguém, mas fazer alguma coisa é obrigatório. Não quero que parem de beber completamente, mas que pensem que independente da situação(comemoração, festas, eventos, etc) não precisamos nos estragar para garantir a felicidade, pelo contrário, quem leu o que escrevi e pensou: Que vida chata desse cara!!! É só acompanhar um pouquinho da minha rotina toda e ver que é possível sim ser um careta feliz e saudável!!  Sigam-me no twitter, ou no facebook e vasculhem a vontade!!!!
 
Beijos a todos e SAÚDE!!!!


13 comentários:

  1. Mt bom o texto! Penso exatamente nisso. Meu pai faleceu de infarto aos 54 anos, o que de certa forma, não é tão velho. Ele era diabético e bebia muito e fumava, o que complicou as coisas. A família da minha mãe inteira é hipertensa e de repente me vi comendo muita fritura e com IMC no sobrepeso com 60kg pra 1,5m. Sinceramente tive medo. Vi um vídeo do Jamie Oliver falando dos riscos da obesidade e tive mais medo ainda. Mais do que querer emagrecer, meu foco é a saúde, pois com 25 anos percebi que o meu metabolismo está ficando mais lento e não quero acordar qd for tarde demais. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso mesmo Pati, o que importa é nossa saúde, a estética é consequência...não podemos deixar de lado os exercícios, eles são fundamentais.
      Beijoss

      Excluir
  2. amiga lindona tem tantos dias que nao aparecço por aqui que tive de ler um montão dos post pra me atualizar kkkkkkkkk bjnho bem no fundo do coração

    ResponderExcluir
  3. Rô, esse texo dá uma vontade de calçar o tênis e sair correndo por aí... é um alerta, principalmente para mim que pensa sempre duas vezes para abrir mão de uma cervejinha gelada.

    Obrigada por dividir.

    ResponderExcluir
  4. Ele nos faz refletir de como que nosso corpo sofre com alimentos não saudaveis,as veses passamos dias sem nos exercitar,e as consequencias são as doenças que chegam cada vez mais cedo,ele é um exemplo a ser seguido!

    ResponderExcluir
  5. "... não precisamos nos estragar para garantir a felicidade" AMEI o post ... obrigado por compartilhar conosco !!!! Bjsss

    ResponderExcluir
  6. " quem leu o que escrevi e pensou: Que vida chata desse cara!!!"

    Não,Alexandre,eu não pensei isso! Pensei justamente o contrário: quero uma vida assim!!

    Comecei nessa vida agora,sou praticamente um bebê. Sei que vou aprender e errar muito mas quero continuar com meus exercícios,minhas corridas e alimentação saudável pro resto da vida.

    São em pessoas como a Rô e vc em que me espelho.

    =)

    ResponderExcluir
  7. Vou mostrar esse post pro meu marido viu, tenho falado tanto, ate mesmo sendo chata pra que ele mude o ritmo, mude o cardapio, ta dificil, quem sabe ele lendo se resolva e me ajude tambem!!!

    beijso!

    ResponderExcluir
  8. Nossa, Rô, que post mais do que acertado ... A história de vida deste menino é linda !!! Atitude correta a dele, pois é com a atividade física que nos mantemos saudáveis. Ele está tendo a rotina mais correta pra ter uma qualidade de vida perfeita ! Parabéns pelo post. Um beijo e PARABÉNS ao Alexandre, verdadeiro exemplo a todos !

    ResponderExcluir
  9. se corro hj e por vc .... romântico neh kkkkk mas vc me inspira ... te adoroooo bjus

    ResponderExcluir
  10. Oi Rô é a minha 1ºvez aqui realmente a historia do Alexandre é inspiradora mais eu estou IMPRESIONADA mesmo é com a sua historia vc ficou muito diferente depois que emagreceu ficou muito linda daqui pra frente vou me inspirar em vc ja coloquei seu blog na lista dos meus favoritos e ja estou te seguindo,estava precisando de uma historia assim para ver se tomo vergonha na cara e emagreço e olha que nem são tantos quilos como o seus,graças a Deus te encontrei bjs no coração Patty.

    ResponderExcluir
  11. eu como nao posso sinto falta mesmo de fazer AF mas vou começar a fazer hidro ai quem sabe ja ajuda em alguma coisa nao e mesmo!!
    bjs amiga!!!!

    ResponderExcluir
  12. Rô, nem me fala de ontem né...hehe
    e o teu carro ? como ficou ?
    e mais importante... e vc ? ta tudo bem?
    eu hoje acordei já com o nariz escorrendo, de tanta chuva que peguei..hehe...
    Um beijo enorme...otima quinta.

    ResponderExcluir