Pular para o conteúdo principal

Ansiedade é uma das grandes vilãs da compulsão alimentar

A melhor maneira de espantar a ansiedade e a busca constante pela comida é a prática de outras atividades que dêem prazer e ajudem.

Uma discussão no trabalho, problemas escolares com os filhos, estar acima do peso esperado ou até um pequeno acidente de trânsito deixam muitos extremamente irritados e estressados. Mas situações de estresse ou de ansiedade podem ser grandes vilãs na vida das mulheres, afinal muitas delas tentam compensar esta sensação desagradável atacando a geladeira, chegando inclusive à compulsão.

A ansiedade é velha conhecida de muitas mulheres, seja por pequenos períodos ou uma constante, não há quem já não tenha convivido com ela. É uma emoção subjetiva, geralmente acompanhada pela sensação desagradável de incerteza, seja sobre o futuro ou uma situação de perigo, que muitas vezes é inexistente ou pouco significativa. Quando a mulher corre para a geladeira tem a impressão que o alimento oferece um alívio a esta sensação, porém os resultados são a curtíssimo prazo, e em seguida se vê forçada a recorrer ao alimento novamente.

"Esta é uma situação comum e que pode ter resultados desastrosos", afirma a médica ginecologista geriátrica e sexóloga Ângela Carvalho. Ela explica que esta constante busca por alívio nos alimentos pode levar ao aumento de peso, e com isso a retenção de líquidos e acúmulo das famosas gordurinhas localizadas, e este aumento das medidas vem geralmente acompanhado de baixa auto-estima e em casos extremos a depressão. "Muitas mulheres quando se vêem acima do peso, costumam se afastar das atividades sociais e de uma série de atividades que eram prazerosas para elas. Com isso há um aumento da ansiedade e em pouco tempo a comida passa ser uma das únicas fontes de prazer, que pode levar até a compulsão e a obesidade", afirma a médica.

É importante que a mulher saiba diferenciar uma leve crise de ansiedade ou a vontade de atacar a geladeira num determinado dia, de um comportamento compulsivo. A compulsão não escolhe hora nem lugar e é uma constante na vida, e geralmente é o primeiro passo para os distúrbios alimentares, como a bulimia.

Segundo a médica o ideal para espantar a ansiedade e a busca constante pela comida é a prática de outras atividades que dêem prazer e ajudem a combater a ansiedade. Pode começar a praticar uma atividade física, como uma caminhada no parque ou uma corrida pelas ruas próximas, que além de gastar energia, libera serotonina, substância responsável pela sensação de prazer e bem estar. Boas noites de sono e métodos de relaxamento podem auxiliar a diminuir o estresse, "É importante que as mulheres descubram outras atividades que as deixe feliz, pode ser um passeio com as amigas, ou uma tarde no parque com os filhos", afirma Ângela.

Já os casos que apresentam compulsão a médica recomenda o acompanhamento psicoterapêutico e de nutricionistas, "Nestes casos mais graves a disfunção não é somente alimentar, mas também psicológica, e precisa de acompanhamento médico adequado. É preciso que a pessoa se sinta bem consigo mesma, e que trabalhe sua imagem perante ela e os outros, e só então conseguirá tratar os desvios alimentares", finaliza a médica.

Revista Corpo a Corpo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Bolo de Cenoura com farinha de Coco

Uma ótima novidade, o Wagner Andrade estará compartilhando suas deliciosas receitas aqui no blog, todas produzidas por ele, receitas leves que valem a pena experimentar, para estreia temos esse delicioso Bolo de Cenoura.



Bolo de cenoura Proteico com farinha de coco e farelo aveia

Ingredientes:
-3 cenouras média  
- 6 claras
- Essência de baunilha
- Stevia 40 a 50 gotas
- 50ml de água fervente
- Fermento 1 colher de chá
Opções de acompanhamentos que super combinam: whey, leite em pó, pasta de amendoim, banana, morango, canela, coco ralado.
- 3 ovos
- 150g de farinha de coco - 150g de farelo de aveia
- 90g de chocolate 60% a 70% cacau cobertura

1. No liquidificador bata as cenouras picadas, ovos, claras, baunilha e o adoçante por volta de 1 a 2 minutos até as cenouras ficarem bem processadas.

2. Agora acrescente as farinhas de coco e farelo de aveia e misture com uma colher, aos poucos acrescente a água fervente até que a massa fique pastosa e por último o fermento químico. Leve ao forno pré-a…

Sorteio- Kit Auxiliar no Emagrecimento

Sorteio : Belthys e Cápsulas de Oliveira da Tiaraju
Pensando na qualidade dos produtos do Laboratório Tiaraju, e no carinho sempre recebido no blog, quero proporcionar este sorteio para dar um ânimo na RA das queridas(os) seguidoras(es). Mas nunca esqueçam da Atividade físicas !!!
Vamos aos benefícios dos produtos:

Belthys: composto Quistosana, Abacaxi desitratado e Cromo.
A Quitosana auxilia na redução da absorção de gordura e colesterol. seu consumo deve estar associado a uma dieta equilibrada e hábitos de vida saudáveis. A Quitosana é uma fibra natural solúvel, não digerível e não calórica, extraída das carapaças de alguns crustáceos, como a lagosta e o camarão. Sua estrutura molecular permite que alta capacidade de se ligar às gorduras presentes na alimentação e removê-la do corpo. Devido à alta densidade das cargas positivas deste polissacarideo, a quitosana atrai e se liga aos lipídeos (moléculas de gordura de natureza negativa). No estômago, devido a acidez, a quitosana a…

Kássia emagreceu 21kg

Hoje quero compartilhar com vocês a superação e mudança da querida amiga virtual Kássia. Ela deixou o sedentarismos de lado, começou a se exercitar em casa e mudou totalmente seu estilo de vida, tenho muito orgulho de acompanhar todo esforço e essa trajetória linda! Segue abaixo o depoimento dela:

Meu "sobrepeso"  de fato não incomodava tanto a ponto de fazer loucuras ou dietas mirabolantes. Comecei a engordar quando me casei, depois tive meu primeiro filho e aí a coisa ficou séria. Engordei 14kg na gestação, não me lembro de ficar me pesando ou fazendo dietas depois que tive ele.  Pensava, "tô casada, feliz, com um filho e meu marido me ama". Quando meu filho tinha 6 meses me lembro de estar com 67 kg, mas logo me vi engordando e muito, em pouco tempo. O fato é que fui me descuidando. Anos se passaram e eu sempre oscilando entre 79kg e 85kg (conheci vários blogs nessa época, inclusive o da Rô). Fiquei nessa sanfona por uns 6 anos. Até que engravidei da minha pequena …