Pular para o conteúdo principal

Aprenda a driblar a fome emocional

FOME

Buscar conforto na comida para compensar tristezas e frustrações é uma atitude super comum, mas nem sempre a gente percebe que isso está acontecendo. E quando percebe, não consegue se conter. Nessas horas, os alimentos doces e gordurosos, por serem mais saborosos, são os primeiros a serem devorados num zás trás. “Essa fuga pode até proporcionar algum prazer, mas ele é momentâneo e vem sempre seguido de uma grande frustração”, diz a nutricionista Lara Natacci, mestre em comportamento alimentar pela Universidade de São Paulo (USP) e diretora da Dietnet Assessoria Nutricional, em São Paulo.

Felizmente, é possível se controlar diante da geladeira. Conheça cinco estratégias infalíveis:

1- Identifique o que faz você comer mais – Faça um diário alimentar, relatando tudo o que ingeriu durante o dia, tomando nota até mesmo dos horários de lanches, refeições e eventuais beliscadas. Junto a esse registro, coloque também o sentimento que consegue identificar em cada um desses momentos ou um pouco antes disso –– tristeza, alegria, cansaço... “Ao lado de cada anotação, use uma escala de 0 a 10 para classificar a intensidade da fome”, recomenda Lara Natacci. Depois de alguns dias, observe e procure perceber o que você está comendo, quando e por quê. Trata-se de uma espécie de exercício de autoconhecimento que vai ajudar a frear os ataques de gula.

2-
Liste as atividades que gosta de fazer e substitua as guloseimas por uma delas. Nessa relação, devem entrar apenas o que realmente lhe dá prazer. Pode ser dançar, passear com o cachorro, ouvir música, andar de bicicleta, escrever, nadar, cantar e por aí vai. Procure incluir o maior número possível de opções. “Quando vier o impulso pela comida, olhe a lista e tente realizar uma delas”, ensina Lara Natacci. Você vai ver que, na maioria das vezes, dá para fazer essa troca sem dramas e perceber que não é fome o que de fato está sentindo.

3- Faça o teste da fome – Num sábado ou domingo, levante pela manhã e não tome café. Observe quais são as suas reações quando o apetite desperta. Dor de cabeça, um pouco de tontura, mau humor, fraqueza? “Depois desse exercício, quando tiver vontade de comer fora de hora, mas não estiver com uma dessas sensações, a pessoa vai saber que não é fome”, explica Lara. Claro que esse teste só deve ser feito uma vez. E, no dia a dia, ninguém vai precisar esperar por uma dessas reações para, só então, se alimentar. Mas, quando aquela gulodice incontrolável vier à tona, esse pode ser um bom termômetro para sinalizar que é chegado o momento de dizer não aos petiscos.

4- Não armazene guloseimas em casa – O primeiro passo é ir sempre ao supermercado de barriga cheia. Assim, salgadinhos e afins não vão parar no carrinho e na despensa. Sem os quitutes guardados no armário, vão sobrar itens mais saudáveis e menos gordurosos para se satisfazer num momento de fúria. “O risco de exagerar é sempre maior se esses alimentos estiverem ao alcance”, afirma a nutricionista Mariana Del Bosco, responsável pelo Departamento de Nutrição da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso).

5- Evite riscar um determinado alimento do cardápio – Na hora de escolher o que comer, inclua sempre um mix de alimentos que fornecem todos os nutrientes de que precisamos, como vitaminas, minerais, gorduras, carboidratos e proteínas. Estudos provam que restrições severas provocam exageros depois, e o resultado acaba sendo bem pior. É aí que entra o famoso efeito sanfona. Por isso, não pense em cortar radicalmente açúcar ou chocolate, por exemplo. Basta diminuir o consumo. “Quando há a restrição, geralmente logo em seguida vem a compensação, e isso é péssimo”, diz a nutricionista Lara Natacci.

http://saude.abril.com.br/emagrece-brasil

Comentários

  1. ow ow ow... tem desconto prasamiga no corpopefeito?

    ResponderExcluir
  2. Como sempre, obrigada pelas dicas! Tu é muito especial nesse processo : como exemplo, como empolgadora. como ajudante, amiga e conselheira! Beijos e ótima semana!!

    ResponderExcluir
  3. Adorei a matéria e as dicas
    parabéns!
    Aguardo sua visitinha!
    Sandra

    ResponderExcluir
  4. oi Rô
    comer emoção é um problema e tanto né
    =/
    tento me controlar ao máximo, mas é difícil!
    Mas, bora continuar tentando né

    bju

    ResponderExcluir
  5. Eu tenho tido muita fome emocional, preciso aprender a controlar isso. Obrigada por compartilhar as dicas.

    ResponderExcluir
  6. Oiii

    Achei muito legal essa ideia pra fazer um teste pra saber como fica com fome, assim é mais facil saber, se é ou não emocional..

    gostei

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. É a fome emocional é o que mais me detona, consigo identificar que estou comendo por ansiedade, mas ainda não consigo me conter, estou num processo de evolução!
    Beijokas

    ResponderExcluir
  8. Diga NÃO a fome emocional, voltei com esse conceito... o corpo não deseja, então nada de dar chance aos pensamentos sabotadores...
    Beijooo :)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Bolo de Cenoura com farinha de Coco

Uma ótima novidade, o Wagner Andrade estará compartilhando suas deliciosas receitas aqui no blog, todas produzidas por ele, receitas leves que valem a pena experimentar, para estreia temos esse delicioso Bolo de Cenoura.



Bolo de cenoura Proteico com farinha de coco e farelo aveia

Ingredientes:
-3 cenouras média  
- 6 claras
- Essência de baunilha
- Stevia 40 a 50 gotas
- 50ml de água fervente
- Fermento 1 colher de chá
Opções de acompanhamentos que super combinam: whey, leite em pó, pasta de amendoim, banana, morango, canela, coco ralado.
- 3 ovos
- 150g de farinha de coco - 150g de farelo de aveia
- 90g de chocolate 60% a 70% cacau cobertura

1. No liquidificador bata as cenouras picadas, ovos, claras, baunilha e o adoçante por volta de 1 a 2 minutos até as cenouras ficarem bem processadas.

2. Agora acrescente as farinhas de coco e farelo de aveia e misture com uma colher, aos poucos acrescente a água fervente até que a massa fique pastosa e por último o fermento químico. Leve ao forno pré-a…

Sorteio- Kit Auxiliar no Emagrecimento

Sorteio : Belthys e Cápsulas de Oliveira da Tiaraju
Pensando na qualidade dos produtos do Laboratório Tiaraju, e no carinho sempre recebido no blog, quero proporcionar este sorteio para dar um ânimo na RA das queridas(os) seguidoras(es). Mas nunca esqueçam da Atividade físicas !!!
Vamos aos benefícios dos produtos:

Belthys: composto Quistosana, Abacaxi desitratado e Cromo.
A Quitosana auxilia na redução da absorção de gordura e colesterol. seu consumo deve estar associado a uma dieta equilibrada e hábitos de vida saudáveis. A Quitosana é uma fibra natural solúvel, não digerível e não calórica, extraída das carapaças de alguns crustáceos, como a lagosta e o camarão. Sua estrutura molecular permite que alta capacidade de se ligar às gorduras presentes na alimentação e removê-la do corpo. Devido à alta densidade das cargas positivas deste polissacarideo, a quitosana atrai e se liga aos lipídeos (moléculas de gordura de natureza negativa). No estômago, devido a acidez, a quitosana a…

Termogênico: SmartCaps Energy

Como já comentei algumas vezes aqui no blog, eu treino 6x na semana: 3x musculação e 3x corrida. 
Nos dias de corrida estou tomando o termogênico  Smarcaps Energy da Smart Life.

O que é o Smartcaps Energy?
É um energético em cápsulas é uma solução portátil de energia com ação rápida. Aumenta o desempenho físico e mental, melhorando a concentração e estimulando a disposição geral do corpo. Auxilia na reposição das vitaminas do complexo B e vitamina C.

Especificações fornecidas pela Smart Life

É um alimento funcional, ou seja, não é remédio. Possui embalagem pequena, prática e conveniente, num formato inovador e funcional. As cápsulas gelatinosas de são comprovadamente a preferência do consumidor. Dados técnicos O extrato de guaraná (cafeína) é um estimulante natural do sistema nervoso central e do metabolismo basal. As vitaminas do complexo B são vitais para as atividades do cérebro e coração. A vitamina C ajuda no fortalecimento do sistema imunológico e possui ação antioxidante. Minha opiniã…