Pular para o conteúdo principal

TCAP - Transtorno Compulsivo Alimentar Periódico,você conhece?

O nome assusta, porém trata-se de um comportamento alimentar compulsivo, onde ocorre um impulso incontrolável de se comer muito, sem escolher o que, mas com uma necessidade de se ingerir rapidamente muita comida, chegando a 10.000 calorias de uma vez só.
Os episódios ocorrem normalmente às escondidas, pois a pessoa tem vergonha e sente muita culpa por se deixar levar por esse comportamento.
As pessoas que tem esse comportamento, sente-se perturbado pela falta de controle que ocorre nesses momentos, e a impotência que gera na sequência do ataque.
Esses episódios de compulsão podem ocorrer por diversos motivos, das quais cada indivíduo terá sua história pessoal que determinará esse comportamento, mas sejam elas quais forem, a necessidade de se compensar essas situações, estão presentes na grande maioria dos casos relatados.
Alguns fatores físicos ,psíquicos e sócio culturais podem ser os disparadores desse processo, juntos ou separadamente.
Alguns critérios são necessários para fechar um diagnóstico do TCAP, eles devem ocorrer pelo menos duas vezes na semana, por um período mínimo de seis meses, e contando com alguns critérios abaixo:
- Comer muito mais rápido do que o normal;
- Falta de controle no momento do episódio;
- Comer até sentir-se mal, empanturrado;
-Sentir-se deprimido e culpado logo após o acontecido;
- Ingerir grandes quantidades de comida mesmo sem fome;
- Comer sozinho por sentir vergonha;
- Sentir repulsa de si mesma e angústia crescente.
O tratamento para esse comportamento compreende uma equipe multidisciplinar como: psicólogo, nutricionista, psiquiatra, entre outros que forem necessários.
É de extrema importância de que no trabalho terapêutico, o sujeito tome conhecimento do porque se desencadeia sua compulsão, os sentimentos presentes, junto com a auto conhecimento e elevação da auto estima.
A máxima é verdadeira: Nem todo comilão é um comedor compulsivo!

Luciana Kotaka
Psicóloga Clínica

www.dicasdenutricao.com

Comentários

  1. oii linda,

    eu estou estudando sobre isso e tão triste fico pensando que deve ser horrível vc não ter controle sobre a comida.
    amiga tenha um lindo dia e força na peruca
    beijossssss

    ResponderExcluir
  2. Oi. Gostei do post anterior!! Muito boa as dicas!!!
    Esse problema do TCAP, tem acontecido cada vez mais!!
    Eu teno problema de comer emoções, mais hoje tento no possível me controlar!!

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Ro... gostei do texto.
    Eu não tenho o TCAP mas com certeza já passei por um episódio desses mais de uma vez na vida...
    Antes de começar a R.A. muitas vezes comia a até ter que abrir a calça por me sentir cheia, lotada...
    Como é que pode, né??
    Tenha um ótimo final de semana!!
    Beijos
    Kika

    ResponderExcluir
  4. Eu acho q não tenho TCAP, mas já passei por isso sim, é horrível
    Gostei das explicações ;D
    bjinhus

    ResponderExcluir
  5. Gentemmmm!

    isso é muito sério, já foi até tema de novela, não se se alguém lembra!

    Deus nos livre desse mal, mas o post é muito esclarecedor!

    Bom findi miga

    ResponderExcluir
  6. Eu não me acho comedora compulsiva. Graças a Deus!
    Bom final de semana!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Bolo de Cenoura com farinha de Coco

Uma ótima novidade, o Wagner Andrade estará compartilhando suas deliciosas receitas aqui no blog, todas produzidas por ele, receitas leves que valem a pena experimentar, para estreia temos esse delicioso Bolo de Cenoura.



Bolo de cenoura Proteico com farinha de coco e farelo aveia

Ingredientes:
-3 cenouras média  
- 6 claras
- Essência de baunilha
- Stevia 40 a 50 gotas
- 50ml de água fervente
- Fermento 1 colher de chá
Opções de acompanhamentos que super combinam: whey, leite em pó, pasta de amendoim, banana, morango, canela, coco ralado.
- 3 ovos
- 150g de farinha de coco - 150g de farelo de aveia
- 90g de chocolate 60% a 70% cacau cobertura

1. No liquidificador bata as cenouras picadas, ovos, claras, baunilha e o adoçante por volta de 1 a 2 minutos até as cenouras ficarem bem processadas.

2. Agora acrescente as farinhas de coco e farelo de aveia e misture com uma colher, aos poucos acrescente a água fervente até que a massa fique pastosa e por último o fermento químico. Leve ao forno pré-a…

Sorteio- Kit Auxiliar no Emagrecimento

Sorteio : Belthys e Cápsulas de Oliveira da Tiaraju
Pensando na qualidade dos produtos do Laboratório Tiaraju, e no carinho sempre recebido no blog, quero proporcionar este sorteio para dar um ânimo na RA das queridas(os) seguidoras(es). Mas nunca esqueçam da Atividade físicas !!!
Vamos aos benefícios dos produtos:

Belthys: composto Quistosana, Abacaxi desitratado e Cromo.
A Quitosana auxilia na redução da absorção de gordura e colesterol. seu consumo deve estar associado a uma dieta equilibrada e hábitos de vida saudáveis. A Quitosana é uma fibra natural solúvel, não digerível e não calórica, extraída das carapaças de alguns crustáceos, como a lagosta e o camarão. Sua estrutura molecular permite que alta capacidade de se ligar às gorduras presentes na alimentação e removê-la do corpo. Devido à alta densidade das cargas positivas deste polissacarideo, a quitosana atrai e se liga aos lipídeos (moléculas de gordura de natureza negativa). No estômago, devido a acidez, a quitosana a…

Kássia emagreceu 21kg

Hoje quero compartilhar com vocês a superação e mudança da querida amiga virtual Kássia. Ela deixou o sedentarismos de lado, começou a se exercitar em casa e mudou totalmente seu estilo de vida, tenho muito orgulho de acompanhar todo esforço e essa trajetória linda! Segue abaixo o depoimento dela:

Meu "sobrepeso"  de fato não incomodava tanto a ponto de fazer loucuras ou dietas mirabolantes. Comecei a engordar quando me casei, depois tive meu primeiro filho e aí a coisa ficou séria. Engordei 14kg na gestação, não me lembro de ficar me pesando ou fazendo dietas depois que tive ele.  Pensava, "tô casada, feliz, com um filho e meu marido me ama". Quando meu filho tinha 6 meses me lembro de estar com 67 kg, mas logo me vi engordando e muito, em pouco tempo. O fato é que fui me descuidando. Anos se passaram e eu sempre oscilando entre 79kg e 85kg (conheci vários blogs nessa época, inclusive o da Rô). Fiquei nessa sanfona por uns 6 anos. Até que engravidei da minha pequena …