sábado, 5 de junho de 2010

Vamos correr ? E o frio ?

O frio chegou, novamente! Treinar e comer ou comer e não treinar?

A corrida em temperaturas extremas é, em vias de regras, um problema para se administrar, principalmente para aqueles mais friorentos ou os menos treinados. É fato que, ao iniciarmos um treino em baixas temperaturas, este deve exigir de nós uma técnica e uma artimanha.

Pode observar, você está prestes a começar seu treinamento e, por mais decidido que você esteja, é sempre assim, não vê a hora de terminar. Mas, quando deixamos para realizar os treinos depois de darmos uma passadinha em nossa casa e, por sinal no final do dia, nosso jantar já nos espera, aquele calorzinho do lar, as pessoas da casa que nos olham com um sentimento de lá vai o meu herói. Digam a verdade, é de matar?

Sair e as primeiras sensações de vento frio, além do difícil acomodar da musculatura, nos anunciam que esta será mais uma daquelas barreiras que só a gente para ultrapassá-la. É provável que fique um pouquinho menos desgastante correr com mais alguém ao lado, desde que este alguém esteja no mesmo nível e estado emocional que nós, ai, o frio vai logo embora.

Quando a chuva acompanha o frio, e lidaremos com umidade relativa do ar aumentada, experimentaremos não somente a sensação de temperatura muito baixa, mas também uma sensação indescritível de incômodos. Em umidade relativa do ar aumentada, acima dos 60%, é mais difícil para o corpo processar seu metabolismo, dada a oferta enorme de água no meio, o que dificulta a dissipação do calor de nosso corpo pela evaporação dos líquidos depositados na pele e, por isso, em situações como estas nos sentimos mais molhados, encharcados de suor, o que em temperaturas mais secas não ocorre.

Em São Paulo, por exemplo, é possível experimentar estas sensações com muita facilidade, e em algumas maratonas, como a de New York, já experimentei sensações horripilantes, como foi a de 1995, quando o vento soprava 60 quilômetros por hora e a temperatura era de menos 10 graus. Sinceramente? É de querer ir para casa. Naquele ano foi como no fim do mundo, pessoas se arrastavam com musculatura presa e o ânimo? Bem, este já havia ficado em State Iland (no inicio da prova).

Só para exemplificar, em São Paulo muitas foram as vezes que sai para treinar e depois de frio, chuva e quilômetros rodados, chego em casa e lá está uma grande e imensa pizza que me aguardava, e sua borda mais parecia os braços carinhosos de uma Mama. Ai que delicia! Um banho quente, uma pizza para dentro e os meus 57 quilos de peso corporal, já estavam se deliciando de duplo sabor.

Não pensavam que esta seria uma tortura em palavras, não é? Mas saibam que como corredor às vezes nos dá uma vontade de não ir, porém, ir e voltar para experimentar estes sabores, posso lhes garantir, é sensacional.

Meus conselhos como corredor, ex corredor de Elite e como Treinador de maratonistas e iniciantes para a corrida, sempre serão; ter muita coragem, muita determinação e lembrem-se de que o após treinos, invariavelmente, será muito prazeroso, principalmente se você associar a alguma comidinha quentinha e saborosa.

É necessário recompensar um corpo que fez um gesto que exigiu muito dele. É preciso reconhecer seu organismo e, associado às sensações do emocional, permitirá o caminho da compensação. Estas atitudes eternizam seus treinos. Seu corpo sempre se lembrará do prazer e irá querer retornar às tais sensações.

É fartamente utilizado em todos os lugares do mundo, cada qual com a sua forma de comemoração, e após um treino ou uma corrida, uma festa em grupo, onde o fator do enlace dos amigos será a comida e a bebida. Só precisamos realizar umas continhas para não comermos mais do que necessitamos ou que somos capazes de eliminar com o esforço previsto e justo.

Na Inglaterra, na ocasião de uma prova de 84 quilômetros distribuídos em seis dias, cada prova terminava, invariavelmente, dentro de um PUB. Para beber, contar coisas engraçadas, rir de qualquer coisa, verificar a força daquele que tentava ultrapassar, enfim, vale a pena pensar em mil formas para tornar o após treinamento do frio mais prazeroso.

Já que não podemos mudar o frio, então mudemos os hábitos do após treinos.

Não sei se você já percebeu que muitas pessoas, no início e após o inverno, engordam bastante, por parar os treinos nesta época, esperar sempre a companhia do sol, de ir aos restaurantes ao invés dos treinamentos, de não resistir aos apelos do jantar e ao “coro” dos seus em casa ao final do dia que é: vamos jantar ao invés de treinar no frio, vai?

São artimanhas antes da decisão. Decidiu está decidido. Então, as técnicas e artimanhas são como trocar os momentos, antes que a vontade troque os momentos ao seu favor e não dos treinos.

No frio agasalhamos mais, comemos mais, bebemos mais e ainda para completar, dormimos beeemmm mais. Então, é só fazermos umas continhas. Se você é uma pessoa que normalmente treina em torno de quatro vezes por semana, numa média diária de 12 quilômetros, então você gasta, somente com os treinamentos, algo em torno de 2000 a 3000 calorias. Só para ilustrar, estas calorias não contam para emagrecer ou engordar, mas, ao parar de treinar, o organismo que já está acostumado com tais quantidades calóricas vem resgatar os seus direitos adquiridos com o passar dos meses e anos de treinamentos.

Então vejam só como é muito mais fácil engordar, por que você já começa com um UP GRADE, ou melhor, com uma solicitação maior de energia, afora aquelas que você precisa para viver o seu dia e noite. Ai começam os motivos para você não deixar de treinar.

Então as técnicas são diversas. Crie situações inusitadas para treinar, engrene após os treinos uma alimentação quentinha, como talvez uma rodada de sopas, que pode ser uma saída muito inteligente e, depois de tudo, você continuará investindo para ganhar condicionamento físico e diminuir a sua camada adiposa (gordura que cobre o corpo, sob a pele), além daquelas que estão inseridas no abdome.

Outra alternativa talvez seja se concentrar mais nos treinos divertidos e cautelosos, nos quais a amizade que encontrará durante os treinos será decisiva para não pensar muito nos comes, bebes e aconchegos do lar.

Pense bem para não perder o que já está construído.

Reforce seus estímulos e ótimos treinos!

ativo.uol.com.br

15 comentários:

  1. Tenha um ótimo final de semana.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  2. Bom final de semana amiga, já tô te seguindo, Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oii amiga!

    Que frioooo..bom pra correr né..rs

    Bjus e otimo fds pra vc!

    ResponderExcluir
  4. Nunca fiz corrida, sempre corri delas... rs...
    Brincadeiras à parte, realmente treinar no inverno é mais complicado. Sentimos uma maior "vontade" de comer e parece que mais preguiça.
    Acredito que para pessoas como vc que já treinam, talvez pela disciplina fica um pouco mais simples.
    Ótimo FDS!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Me encantei com seu blog... Estou começando a correr agora e por enquanto corro bem pouco... Hehehe, estou conseguindo correr 3km no máximo. Mas pra mim já uma grande evolução, pois nem aguentava 2 mim e já estava sem folego...
    Se puder passa lá no blog e me deixa umas dicas de treino.
    Grande Beijo e ótimo Fim de Semana!

    ResponderExcluir
  6. Meu papis é corredor,falei pra ele que daqui um ano to correndo com ele.

    ResponderExcluir
  7. oiii amigaaaa lindonaaa esse friozinho hein esta bom para uns caldinhos né.
    Bom final de semana lindonaaaa.

    Beijokas

    ResponderExcluir
  8. Oi, Rosangela... Entao menina, morar longe nao e' facil mesmo... Eu to super ansiosa...Vou assinar meu casamento na terca e acho que isso que esta atrapalhando nesses dias....
    Muito obrigada pelo carinho, viu??
    Eu adoro quando voce comenta... Amo seu blogue...
    grande bjo e otimo domingo.

    ResponderExcluir
  9. Oi linda!!!
    Vou voltar a dar uma corridinha a partir de amanhã, q saudades!!
    vou voltar a ser uma corredora haha
    bjinhus

    ResponderExcluir
  10. passando rapidão para desejar um domingo super light e uma semana mais light ainda! bjus!

    ResponderExcluir
  11. Oi
    Eu gosto de caminhadas e estou querendo começar a correr mas qdo eu morava no Uruguay que é muuuuuito frio eu realmente dava uma desanimada, sentir aquele ar frio entrando até o pulmão parecia que dava mais frio ainda hehehe.

    Beijos e bom finds

    ResponderExcluir
  12. Olha amiga, correr não é para mim por enquanto... nem uma simples, atras do onibus saindo do ponto já não é meu forte, rs mas eu pretendo voltar a me exercitar amanhã na academia e quem sabe começar a correr num futuro.. parece só fazer bem!

    um beijo

    ResponderExcluir
  13. Nossa pra fazer academia nesse frio ta o "ó"!
    bjos

    ResponderExcluir
  14. ai de mim se não fosse a academia e suas atividades...aki no norte estamos no início do verão e o sol está esplendoroso...bjks e excelente semana p/ vc!!

    ResponderExcluir
  15. Eu me encontrei ali na fotinho! hehehehe
    Bjão,
    Mágnor

    ResponderExcluir