quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Dieta Não! Reeducação Alimentar

Antes de falarmos da Reeducação Alimentar, quero informar que a nossa amiga de Blog Mili tem nos proporcionado entrevistas chamadas: "O Poder da Tranformação", aborda histórias reais de superação, determinação e força de vontade no processo de reeducação alimentar. Estou muito emocionada e feliz em poder compartilhar minha história com vocês, acessem http://aqueleemquetudocomecou.blogspot.com
Obrigada Mili pela oportunidade de mostrar minha história, espero motivar muitas outras pessoas, obrigada a todos pelo carinho, isso mostra que todo esforço vale a pena!


Viver de olho em rótulos não é a melhor forma de emagrecer. Confira 10 dicas que realmente ajudam

Mais importante do que enlouquecer somando calorias aqui e acolá, é reeducar os hábitos alimentares. A seguir, confira 10 dicas para abolir a calculadora mental e, ainda assim, ver o ponteiro da balança cair. Os resultados podem até demorar um pouquinho a aparecer, mas uma coisa é certa: o efeito sanfona ficará no passado.

Dê-se tempo para comer

Quem costuma “engolir” as refeições em pouquíssimos minutos precisa desacelerar, pois esse comportamento é um grande inimigo da boa forma. “Durante a mastigação, os hormônios presentes no estômago enviam para o cérebro a informação de que estamos ficando saciados. Mas, se comemos rapidamente, não dá tempo da mensagem ser transmitida”, explica Heloísa Magalhães, nutricionista do Conselho Regional de Nutricionistas de Minas Gerais.

Para não cair na cilada, preste atenção nos alimentos e mastigue-os com muita calma. Uma boa maneira de evitar os impulsos de pressa é repousar os talheres sobre a mesa a cada garfada. De acordo com a nutricionista mineira, 20 minutos é um bom tempo para realizar as grandes refeições.

Evite banir alimentos

Para dar certo, uma dieta equilibrada não pode ser sinônimo de sofrimento. Sendo assim, ninguém precisa extinguir chocolate do cardápio. Basta entender que itens como esse devem ser consumidos com critério e moderação.

De acordo com a nutricionista Solange de Oliveira Saavedra, do Conselho Regional de Nutricionistas da 3ª Região (MS/SP), “impor muitas restrições a quem quer perder peso poderá levar o processo de emagrecimento ao fracasso. É preciso ter em mente que o emagrecimento deve seguir ‘casado’ com a reeducação alimentar”.

Além de não serem efetivas, dietas radicais prejudicam a saúde. Todos os nutrientes são essenciais ao organismo. Para se ter ideia, é preciso ter um pouco de gordura no corpo para que ele consiga absorver as vitaminas dos grupos A, D, E e K.

Não parcele a refeição

Essa dica é importante principalmente para quem faz as refeições fora de casa, já que os pratos dos restaurantes são bem avantajados. “Para não exagerar, uma boa é abandonar o hábito de comer primeiro a salada. Isso porque na hora de escolher os alimentos quentes fica difícil se contentar com pequenas porções, ainda mais quando há muito espaço vazio no prato!”, diz Heloísa. O ideal, sugere a especialista, é colocar muita salada em um canto do prato e, no outro, as porções limitadas de arroz, feijão, carne, legumes, etc. Assim, tem-se a impressão de que a refeição é robusta, mesmo que a maior parte dela seja composta por itens leves.

Capriche no café da manhã

Essa é uma das principais refeições do dia e ignorá-la pode resultar em problemas. Um dos mais sérios é a hipoglicemia, quadro caracterizado pela baixa concentração de glicose no sangue. “Essa situação pode gerar fraqueza, tontura e até desmaios”, conta a nutricionista Solange Saavedra.

Além disso, ficar em jejum não é nada benéfico para quem deseja reduzir ou controlar o peso: “Depois de passar a manhã inteira sem comer, a fome é tão grande que se torna difícil selecionar os alimentos com critério nas próximas refeições”, avalia Heloísa.

A fisioterapeuta Laís Cardoso de Oliveira, 23 anos, concorda: “graças ao café da manhã não chego faminta ao almoço e nem passo mal”. Para ela, comer de manhã está bem longe de ser uma obrigação, pois o hábito é cultivado desde criancinha, por influência dos pais.

“Todo dia de manhã como um pão com margarina ou requeijão, queijo branco, uma fruta e tomo suco ou chá. Às vezes, substituo o queijo branco por um iogurte”, descreve a fisioterapeuta. Depois de três horas, quando a fome aparece novamente, Laís investe em uma fruta, um iogurte ou uma fatia de pão com queijo branco, tomate e requeijão.

Entenda a fome e por que ela acontece

Que atire o primeiro garfo quem nunca decidiu repetir a refeição por causa da aparência incrível de um alimento. Pois saiba que isso é gula, e não fome. “Os mecanismos da fome e da saciedade são diferentes e bem complexos. Tudo começa no estômago, que também tem como função regular o apetite. Quando ele fica vazio e libera grelina, um hormônio que atua no cérebro estimulando a sensação de fome. Ao ingerimos alimentos, o estômago se distende e a produção de grelina diminui, levando à saciedade”, descreve Solange Saavedra.

Então, antes de sair devorando tudo o que encontra na cozinha tente lembrar quando foi a última vez que se alimentou. Talvez descubra que não está com fome, e sim com vontade de comer. Nesse caso, o melhor é mudar o foco – ler um livro e passear com o cachorro são ótimas estratégias.

Reconheça a saciedade

Como já foi dito, ela avisa quando chega. O problema é que muitas pessoas não conseguem percebê-la. Uma maneira de mudar isso é dificultando o contato com as tentações. “Deixe as panelas no fogão e não na mesa. Dessa forma não continuará beliscando depois de satisfeita”, recomenda a nutricionista Heloísa Magalhães. Ficar batendo papo na cozinha também pode ser prejudicial, já que a tendência é comer sem se dar conta.

Escolha melhor o que come

Mais importante do que contar calorias é escolher corretamente alimentos de vários grupos. Assim, garante-se uma alimentação saudável, mesmo que seja para perder peso. Como não existe alimento completo, costuma-se usar a pirâmide alimentar para basear as quantidades que se deve consumir de cada grupo por dia. Na base da pirâmide estão as fontes de carboidratos complexos, como cereais, raízes e tubérculos, massas e pães; no segundo andar, as hortaliças e frutas; no terceiro, leite e derivados, carnes, ovos e leguminosas e, por fim, no quarto nível, estão óleos, gorduras, açúcares e doces.

Cheque seu humor antes de comer

Em momentos de crise ou euforia, muitas pessoas se descontrolam e acabam abusando de alimentos nada saudáveis. O comportamento é compreensível, já que a alimentação é uma fonte fácil de prazer. O problema é quando a sensação de plenitude emocional só é alcançada depois de um banquete. “Aí é sinal de que a comida é mais do que fonte de energia e prazer: trata-se de uma válvula de escape emocional. Nesses casos, é interessante contar também com a ajuda de um psicólogo”, diz a nutricionista mineira Heloísa Magalhães.

Coma pouco várias vezes ao dia

Alimentar-se a cada três horas é uma das regras de ouro do emagrecimento saudável. Afinal, não dá oportunidade para a sensação de fome aparecer, reduzindo as chances de descontrole à mesa. “São porções menores, mas que ajudam a manter a saciedade”, diz Solange. Vale lembrar que esse hábito também ajuda o metabolismo a permanecer acelerado, o que favorece a queima de calorias extras.

Não coma vendo TV, lendo ou falando ao telefone

Qualquer atividade que tire as atenções do prato de comida deve ser evitada, pois quando não há consciência do que está sendo ingerido são grandes as chances de exagerar ou voltar a comer em poucas horas. Até os sabores dos pratos se perdem quando os sentidos não estão concentrados na alimentação. Isso certamente aumenta o risco de comer além da conta.

delas.ig.com.br

36 comentários:

  1. Oiee!
    Excelente toque, fica como dica tanto para quem está iniciando uma reeducação, como para quem está nela a um bom tempo, que é meu caso!
    Concordo plenamente...dieta não, reeducação sim! Mudança de hábito não é dieta, é uma nova forma de educar o paladar e se policiar frente a alimentos que pouco agregam...
    Bjão,
    Mágnor

    ResponderExcluir
  2. Oi amiga,
    denovo mais um post ótimo hehehe, sua história é muito mais que uma inspiração é um empurrão de que é possível vencer e alcançar nossas metas pois querer é poder, e suas dicas maravilhosas, sabe que como almoço no trabalho e trago comida esquento ela no pote e venho para minha mesa para comer e fico comendo e no computador vou começar a comer sem olhar para o pc,as vezes se as noticias estão muito boas qndo termino de comer continuo com fome, vou parar por aqui pq se não meu post vai ser muito looooongo hehehe.
    bjinhos e bom dia.
    *-*

    ResponderExcluir
  3. Oii

    Vou ser sincera nao li seu post inteiro não to numa correria por aqui, mais por alto olhei acho que ja sabemos bem o que fazer né.
    Adorei a entrevista ontem la...

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Ro saudades de vc.. vc me abandonou:-(

    beijosss

    ResponderExcluir
  5. Ro...obrigada pelo carinho de sempre!! Entrei no blog da sua amiga, ficou show sua entrevista!! bjuss ótima quarta pra ti tb!!

    ResponderExcluir
  6. Oiiii..amei a matéria...tenha um lindo..beijocasss

    ResponderExcluir
  7. Rô...que dicas maravilhosas!!!...vou ler e reler com muita calma...parabéns sempre por seu sucesso!!!

    bjssss

    ResponderExcluir
  8. otimas dicas...vou visitar o blog da mi ... e obrigada pela força no meu blog bjim

    ResponderExcluir
  9. Amei! Vc é demais nos seus post's!
    Bj! Vou ver sua entrevista agora.

    ResponderExcluir
  10. Oi amiga lindaaaa... te add no MSN, quero muitas dicas suas... amei vc no blog da Mili deixei meu recadinho lá pra vc... olha que vergonha este post é a minha cara tenho que aprender muito ainda... mais estou caminhando e conseguindo amém.. e quero no domingo subir na balança e ter um resultado positivo, olha a parte do café da manhã é um problema não sinto fome nenhuma de manhã mais a noite o bicho pega e quero devorar a casa ai ai o que faço?
    bjinhos florzinha

    ResponderExcluir
  11. Te vi no site da MIli!!!!!
    Rô, as dicas são ótimas , mas o que mais tenho dificuldade tem sido controlar a ansiedade... tenho comido por pua gula amiga!!!!
    Bjocas

    ResponderExcluir
  12. amiga que linda a sua materia no Blog da Mi
    ameiii vc e um sucesso guerreira parabéns.
    continue firme
    bjsssssss

    ResponderExcluir
  13. Oi Rô tudo bem?
    Sabe que essas dicas são bem importantes mesmo.Essa de reconhecer a saciedade é ótima, tô usando isso e espero o meu corpo pensar primeiro...antes de sair engolindo coisas a mais.Geralmente a saciedade se dá logo e tudo o que comemos a msi é por gula mesmo!
    bjos

    ResponderExcluir
  14. Oi. ótimas dicas como sempre, sigo muitas delas mas faço meus lanches e janto sempre na frente da tv ou do computador e acabo não prestando atenção no sabor dos alimentos e tenho que me controlar para não querer mais pois parece que não sacia, bj

    ResponderExcluir
  15. Olá! Adorei seu post, mto bom mesmo. Estou começando uma reeducação alimentar e vou seguir suas dicas.
    Li a reportagem no site de sua amiga tbm. Parabéns, realmente vc é mto guerreira. Sucesso pra vc! Sucesso pra nós rsrsrs

    ResponderExcluir
  16. hehehe...
    Obrigado pela dica!! Não posso esquecer mesmo.
    bjs

    ResponderExcluir
  17. viva a r.a
    adoro..........
    ja sou outra pessoa!
    Sobre o spa,estou pesquisando
    conheco
    serra do japi
    spa vida
    spa santa cruz
    spa cabreuva
    spa beleza pura
    spa sorocaba
    vc me recomenda algum?
    Bjusss

    ResponderExcluir
  18. Vi sua entrevista e gostei muito, principalmente a parte da corrida, já que gosto muito, muito de corres, coisa que agora faço pouco por conta do sobrepeso... mas espero um dia ter a satisfação de participar de circuitos, deve ser uma adrenalida deliciosa, já que os 15 min de esteira que faço hoje correndo já me deixam em êxtase!! Me identifiquei muito com a parte de não levar as panelas pra mesa... realmente ajuda a comer bem menos!!! Comprovei e aprovei!! Bjkas!

    ResponderExcluir
  19. oi
    ótimas dicas como sempre
    o difícil é colocar tudo em prática
    mas com o tempo acaba virando rotina ne
    bjo

    ResponderExcluir
  20. parabens pela entrevista no blog da mili guria..adoreiiiiii
    e tem mta gente que se inspira em nós ne...então temos que nso manter firme sempre
    bjos e boa quarta

    ResponderExcluir
  21. parabens pela entrevista no blog da mili guria..adoreiiiiii
    e tem mta gente que se inspira em nós ne...então temos que nso manter firme sempre
    bjos e boa quarta

    ResponderExcluir
  22. OI AMIGA DO MEU♥DA TUDO JOIA COMIGO
    E VC....ADOREI A ENTREVISTA VIU VI ONTEM VC MERECE ,É UM EXEPLO PRA NOS
    AMIGA DO FAZENDO MASSAGEM NAS MINHA INIMIGAS JA FAÇO DENAGREM E MASSAGEM MODELADORA E OUTRAS
    MAIS RESOLVI DAR UMA AJUDINHA E FAZER EM CASA TAMBEM LEGAL NÉ
    RSRSRS
    ENTÃO É ISSO BJKAS♥♥

    ResponderExcluir
  23. RO, estu bem pertinho de vc, estudo na Unisinos e moro em Canoas. Cheguei até vc pela entrevista pelo blog da Mili, adorei tua história...e queria te perguntar, vc ficou com estrias pq tenho 1,60 e to com 84k agora e cada vez mais estrias. bjos adorei teu espaço.

    ResponderExcluir
  24. Oii Rose!!!
    Adoro vir aqui amo suas dicas e gostei muito da sua entrevista no blog da Mili rs...
    Obrigado pelo carinho la no meu cantinho você é especial pra mim bijos no coração!

    ResponderExcluir
  25. UAUA, VC E DE PERTINHO, MAS TA LONGE,RSRSRS... AMEI SABER DE SUA CONQUISTA, TO NA LUTA E NAO DESISTO AINDA VOLTO AOS 60KG... BJS

    ResponderExcluir
  26. ta add querida, claro que podemos nos conhecer, que bom que vc vem a canoas...bjos...muito legal mesmo

    ResponderExcluir
  27. "Coma pouco várias vezes ao dia" preciso seguir mais essa regra!!

    Sempre colocando otimas materias, adoro!!

    Bjo!!

    ResponderExcluir
  28. Seu post foi ótimo, as pessoas precisam entender que rreducação não é castigo e sim uma escolha por uma vida mais saudável. Não somos pessoas proibidas de comer, só tentamos fazer escolhas melhores.
    Vou te linkar.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  29. Obrigada, obrigada e obrigada...De coração, vc tem sido uma grande AMIGA para mim nessa luta em que estou passando.
    Sempre me insentivando e torcendo por mim.
    De coração só tenho a lhe agradecer o carinho...
    Ta complicado p mim agora, não tenho net em casa e no meu serviço esta bloqueado...
    Mas vou fazer o possível para não desanimar nem sumir...
    Bjs

    ResponderExcluir
  30. Oi amiga,

    Dicas ótimas de hoje!!!
    Eu gosto muito da dieta dos pontos, mais não consigo contar os pontos e nem anotar...por isso tento escolher melhor os alimentos que levo a minha boca, pra não errar tanto!!

    beijos

    ResponderExcluir
  31. adorie as dicas, meu prato é muito verde, encho de alface e quando vou me servir de outras coisas, nem sobra espaço hehehe obrigada pelo carinho! bjus!

    ResponderExcluir
  32. Sucessssoooo total!!! Muito obrigada por dividir sua história com a gente; adorei! Tenha certeza que inspirou muita gente!:)
    Vamos em frente; Beijos

    ResponderExcluir
  33. OI TENHA UMA EXELENTE NOITE!!BEIJOKAS
    FORÇA SEMPRE!

    ResponderExcluir
  34. Olá!
    Já fui conferir sua história!
    Parabéns pelo sucesso!
    Beijinhos e ótimo dia!

    ResponderExcluir
  35. Bom dia!!!
    Estava olhando o seu antes e depois. o que fez vc tomar essa iniciativa? vc ta linda!!!

    ResponderExcluir